Sat Sanga – Interactive Mantra Concert com Mestre Carlos Cardoso

Sat Sanga é o nome dado ao costume milenar hindu de sentar-se, normalmente à noite, à volta do Mestre ou do preceptor e entre um ensinamento e outro vocalizar mantras, notadamente os do tipo kirtan que possuem uma natureza alegre e extroversora.

“O Sat Sanga é resgatado dos mosteiros e escolas de Yôga e transformado em um show muito animado sem perder nada do seu tradicionalismo ancestral. Revê o valor e contexto desta ferramenta ideal para a meditação e o autoconhecimento e resgata sonoridades lindas de mais de 5.000 anos de história da Índia.

Quem vai ao show nunca o esquece e dele sai tendo experimentado verdadeiramente uma prática de Yôga através de mantra. Uma boa pedida para quem gosta de cultura, novidade e muita animação.”

Texto retirado do site do Mestre Carlos Cardoso.

Este último show que aconteceu em Goiânia fortaleceu ainda mais o sucesso desse projeto com 10 anos de atividade.

Além do próprio sat sanga, o instrutor Daniel Suassuna, da Unidade Asa Norte, de Brasília, apresentou sua coreografia, como expressão de arte corporal que as técnicas do SwáSthya nos proporciona.

Veja as fotos tiradas pelo aluno Roberto d’Ávila, de Brasília, do último show que aconteceu em Goiânia.

Postado por Marina Engler

Anúncios

DeRose e o segredo do chai

DeRose fala ao joranal Gazeta do Povo sobre o chai e sua tradição na Índia.

Clique na imagem para ler a reportagem.

Lançamento do livro Viagens à Índia dos yôgis

Ontem, dia 7 de agosto de 2009, aconteceu na Unidade Jardins – sede central – a noite de autógrafos do livro Viagens à Índia dos yôgis, do Mestre DeRose.

O evento, começou com as impressionantes apresentações de coreografias do Método DeRose, depois DeRose nos contou um pouco sobre suas viagens à Índia e alguns trechos do livro e, enfim, o momento tão esperado por seus leitores, os autógrafos.

Contou com a presença de Presidentes de Federações de Yôga do Brasil e da Europa, diretores de várias unidades, muitos instrutores, praticantes e convidados.

Veja as fotos.

Veja techos do evento no vídeo feito por Andressa Toni, aluna da Unidade Anália Franco.

Texto e fotos por Marina Engler

Coordenadora Geral do YôgaPress

notícia@yogapress.net

Noite de autógrafos com Arthur Veríssimo na escola do Mestre DeRose fica lotada

 

A Unidade Jardins, da Universidade de Yôga, foi palco para o lançamento do DVD Índia Exótica produzido pelo jornalista Arthur Veríssimo, na noite desta última sexta-feira, 13 de março.

Arthur é conhecido por seu trabalho realizado de forma irreverente e cheio de energia na Revista Trip. São dele as matérias de viagens exóticas ao redor do mundo, nas quais descreve sob o seu olhar peculiar, as curiosidades e tradições de países como Índia, Tailândia, China, etc. 

Veríssimo foi recebido na casa do Mestre DeRose por um curioso público formado por instrutores e alunos que admiram o seu trabalho e se fizeram presentes no bate-papo que durou cerca de 2h, logo após as coreografias de SwáSthya demonstradas pelos instrutores Gabriel Pessoa, Gisele Correa e Rafael Ramos.

De acordo com ele, foram 15 viagens a Índia, sendo 9 delas focadas em captar as imagens que compõem o seu DVD. Muito do que pode ser visto neste trabalho, mostra um jornalista que sente, experimenta e vivencia de forma muito pessoal os lugares por onde passa. Talvez por isso, tenha tantas e tão fortes recordações de suas diversas viagens àquele país.

Peripécias, aventuras, buscas pessoais, casos divertidos e engraçados mostram um homem fascinado pela cultura indiana. Pergunto se todo esse interesse pela Índia se deu por causa do Yôga e ouço como resposta que o Yôga está presente em sua vida desde sempre, já que teve em sua mãe seu primeiro contato com essa filosofia. Ela era professora de Hatha Yóga.Veríssimo teve em Osho seu Mestre, mas hoje pratica Ashtanga Yóga.

As interessantes vivências com diversas linhas foi o que despertou no jornalista a curiosidade de visitar o país de onde se extrai parte dos seus conhecimentos sobre o Yôga. “Minha primeira viagem à Índia em 1994 foi por conta de um sonho premonitório que tive com minha mãe, que havia falecido há pouco tempo. Neste sonho, ela me dizia para vender o apartamento que tínhamos e ir conhecer o país”, relembra sorrindo e dizendo que a sua mãe também mencionava sobre o desapego no sonho. 

Segundo ele, ao travar contato com a Índia você se identifica com os indianos. “Você abre portas de sabedoria dentro de você, e descobre uma profusão de sensações”, revela o autor.

Veríssimo participou de diversos festivais, alguns com aproximadamente 50 milhões de participantes, entre saddhus, sikhs, Mestres, discípulos de Shiva, de Kálí , de Vishnu, de Ráma. Viveu, experimentou, sentiu a fúria dos indianos, percebeu contradições, chorou, riu e emocionou-se com crianças, anciães, entrou no Ganges e, de tudo isso, surgiu o DVD, no qual você experimenta junto com ele, essa avalanche de sensações!

A noite foi muito divertida e descontraída. Certamente, Veríssimo pode conhecer de perto os praticantes do Método DeRose e constatar que são pessoas queridas, cultas, educadas, alegres, descomplicadas e, principalmente, abertas para o mundo e para as novas experiências!

A Universidade de Yôga, Unidade Jardins, na Alameda Jaú, no. 2000, tem os DVDs à venda. A Uni-Yôga também disporá alguns para fornecer às escolas que tenham interesse em adquirí-los. O valor do álbum com dois DVDs é de R$ 40.  

Escrito por Cherrine Cardoso

Confira as fotos tiradas por Fabrício Ferrari:

 

 

 

Festa de lançamento do DVD Índia Exótica acontece hoje na Unidade Jardins

A convite do Mestre DeRose o jornalista Arthur Veríssimo, conhecido por suas matérias irreverentes na revista Trip, lançará seu mais novo trabalho na noite desta sexta-feira 13, na Unidade Jardins.

O trabalho mostra os registros feitos por Veríssimo durante suas viagens a Índia. Intitulado Índia Exótica, o DVD é uma visão particular do jornalista sobre o país. Segundo ele as primeira filmagens foram feitas em 1998, primeiro ano em que esteve por lá. “Fui maturando e entendendo a Índia, mas demorei quatro anos para entender de que jeito eu iria filmá-la”, explica.

O lançamento será realizado na Unidade Jardins, a partir das 20h e é aberto a todos os alunos e instrutores da Rede DeRose. Não haverá custo de entrada e você ainda pode levar o DVD pra casa autografado!

Veja cobertura do evento por este site e entrevista exclusiva com o jornalista.

Cherrine Cardoso

Published in: on 13 de março de 2009 at 12:19  Deixe um comentário  
Tags: , , , , , , , ,

Índia cria arquivo de posições de Yôga para evitar pirataria

Andrea Wellbaum, da BBC Brasil em Londres

Um grupo de cerca de 200 gurus e cientistas da Índia se reuniu para identificar todas as antigas posições de Yôga – os ásanas – para prevenir a pirataria.

A medida, que tem o apoio do governo indiano, é uma resposta à concessão de dezenas de patentes nos Estados Unidos a professores de Yôga que alegam ter sido os criadores de determinados ásanas e que podem estar se beneficiando indevidamente de um conhecimento indiano milenar.

“Patentes de posições de Yôga e marcas registradas sobre instrumentos de Yôga têm se tornado excessivas no Ocidente. Até agora, identificamos 130 patentes relacionadas ao Yôga concedidas nos Estados Unidos”, afirmou à BBC Brasil o Dr V.P. Gupta, que criou um arquivo digital do conhecimento indiano, a Traditional Knowledge Digital Library (TKDL).

O livro mais antigo que está sendo documentado deve ser o Yôga Sútra, de Pátañjali, segundo Gupta.

Até agora, cerca de 600 ásanas já foram documentados e espera-se que até o fim do ano sejam registrados pelo menos 1500.

Indústria bilionária

Uma vez identificadas, elas serão incluídas na TKDL e reconhecidas como propriedade pública da Índia.

“Nosso objetivo não é patentear as posições de Yôga, já que o conhecimento que já é de domínio público não pode ser patenteado. Como os livros de Yôga foram escritos em 2500 a.C., ninguém pode patentear ou registrar o Yôga”, explicou Gupta. [Aqui nós detectamos uma tradução errada. Se o livro mais antigo que estão estudando é o Yôga Sútra, conforme consta alguns parágrafos acima, a data é estimada em cerca de 300 a 400 a.C. Embora o ensinamento do Yôga seja de mais de 5000 anos, não foram encontrados textos datados de 2500 a.C.]

A medida tem como objetivo, segundo Gupta, reduzir os casos de apropriação indébita das informações, “o que deve evitar os procedimentos custosos de invalidação de patentes concedidas indevidamente”, disse Gupta.

Estima-se que o Yôga virou um negócio de US$ 225 bilhões (cerca de R$ 526 bilhões) no Ocidente. Cerca de 16,5 milhões de americanos praticam Yôga e gastam cerca de US$ 3 milhões (cerca de R$ 7 milhões) por ano em aulas.

 

Fonte: http://www.uni-yoga.org/blogdoderose/uni-yoga_arquivo_derose/200-mestres-indianos-trabalhando-juntos-conseguem-compilar-600-asanas/

 Visite o site do livro Tratado de Yôga do escritor DeRose: http://www.tratadodeyoga.com/

Veja vídeo do Mestre DeRose na Índia

Mestre DeRose e Instrutores do Método, em visita à Índia em uma de suas muitas viagens a este país.

Confira alguns trechos dessa viagem, que aconteceu em 1994.

Por Rosana Ortega da Uni-Yôga, Unidade Berrini, SP.

Published in: on 21 de janeiro de 2009 at 18:26  Deixe um comentário  
Tags: , , , ,